terça-feira, maio 28, 2024
InícioFinançasCheque Especial: Como funciona? Juros? Vale a pena?

Cheque Especial: Como funciona? Juros? Vale a pena?

Date:

Artigos Relacionados

Vamos supor que um dia você chega do trabalho, morrendo de fome, e em cima da sua mesa tem uma empada de palmito quentinha. 

 

O que você faz? Já que você não é palhaça e nem nada, você come, né? E aí no outro dia, a mesma coisa. Chega morrendo de fome, e empadinha lá, você manda para o bucho. E depois de novo, e de novo e de novo. Pois é meu anjo, mas se não tomar cuidado, jantar empada todo dia, essa saúde aí vai dar ruim, hein! E com o cheque especial, que de especial não tem nada… é a mesma coisa. Mas você não entendeu nada? Calma, fica até o fim que você vai saber mais sobre isso.

 

Fala meu amigo pagador de boleto, belezinha? Hoje a mamãe vai dar uma de blogueirinha fitness. E eu tô aqui pra te ajudar a se livrar dessa bomba calórica e cheia de sódio, que é o cheque especial.

 

Chega de falar de comida! Não que eu não goste né! Como eu já disse anteriormente “não me dê flores, me dê comida”. Mas agora é hora de falar do cheque especial.  Tem gente que nem sabe o que é, e tem gente que já usou e nem sabe que usou, e tem gente que está no cheque especial e nem sabe que está. Pois é meu anjo. O cheque especial nada mais é do que um tipo de empréstimo pré aprovado que o banco deixa na sua conta corrente.

 

E aí, se um dia você tá precisando de dinheiro, zerou o saldo da sua conta corrente, você consegue usar o cheque especial.

Como faz pra pagar o cheque especial?

Cheque Especial: Como funciona? Juros? Vale a pena?

 

Cai o saldo da conta, ele já cobra o cheque especial. Simples, né? Mas espera aí, que o simples pode sair caro, viu! E ó, MUITO CARO!

 

Primeiro, o banco libera esse crédito pra você, e vai aumentando o limite. Aumenta e aumenta, e você acha que tá tudo lindo, e passa aqui, passa ali, e se sente a maravilhosa, falando “débito” e não “crédito”. Tudo lindo, né?” Só que quando você cai em si, tá tudo no vermelho.

 

Além disso, tem uma coisa que a gente não pode se esquecer: os juros! Pois é. Os juros são “babado”. E eu vou te explicar o porque aqui.

 

A gente sempre diz aqui que crédito, é sinal de confiança. Então quanto menor a confiança, maior são os juros. Afinal, os riscos são bem maiores. E assim funciona com o cheque especial.

 

O banco simplesmente te dá o pré aprovado, sem garantia nenhuma de que você vai pagar. Por isso os juros são bem altos. Pra você ter uma noção, no consignado, a taxa de juros ao ano é 48%. Aí você pensa “caramba, já é muito, né!” Mas as taxas do cheque especial, por ano, chegam até 327% ! É complicado. Não dá pra vacilar.

 

Pois é, não dá pra vacilar, mesmo né! Bah, como se fosse fácil falar, né? Queria ver se estivesse na minha pele, precisando de dinheiro, daí.

 

Zé, calma, muita calma. Não fala assim. Pra te ajudar a lidar melhor, o Banco Central criou novas regras, e eu vou te falar algumas delas aqui pra vocês.

 

  • Primeira regra: É que o banco deve avisar o cliente quando ele não tiver mais saldo na conta, e estiver para entrar no cheque especial.
  • Segunda regra: É que o banco precisa deixar bem claro para o cliente, que ele está contratando um crédito pré aprovado.
  • Terceira regra: O banco precisa oferecer para o cliente uma opção de parcelar o saldo devedor, com juros mais baixos do que o original.
  • Quarta regra: O valor do cheque especial, do limite que você tem na conta, deve ficar claro no extrato, pra não confundir com o saldo que você tem na conta.

 

Tem algumas atualização que não foram citadas aqui por nao estarem em vigor, mas já então pré aprovado. E já que o cheque especial não é tão especial assim, compartilha no WhatsApp com que são especiais pra você.

 

Eu já compartilhei com duas amigas, que gostam de viver de momentos e ficam usando o cheque especial a rodo.

Um grande abraço e até a proxima.

Gisleini Cipriani
Gisleini Cipriani
Publisher, Redatora, amante de filmes romanticos e histórias de amor. Gosto de tudo que envolve a arte e a moda, decoração e dicas de casa.

Proximos artigos