segunda-feira, junho 24, 2024
InícioFinançasTítulos públicos com vencimento no longo prazo valem a pena?

Títulos públicos com vencimento no longo prazo valem a pena?

Date:

Artigos Relacionados

“Fala Dinheirudo” Eu gostaria de saber o que você acha de títulos públicos com vencimento a longo prazo.

 

Vou citar um exemplo de Títulos públicos, IPCA+ 2055. Ele paga uma taxa de juros razoável para um investimento de renda fixa, porém o prazo é muito alto. E, muita coisa pode acontecer na situação financeira do nosso país em 35 anos. Então, talvez ele pode trazer um pouco mais de riscos, não acha?… Pra um investimento de renda fixa.

 

O que que você acha?

 

Grande Zé! Tudo bão demais da conta? Ó rapaz,  meu amigo. Você tá certo na sua fala. É a velha relação RISCO versus RETORNO. Embora seja baixo, o Tesouro IPCA+ de longo prazo tem mais risco sim. E vou dar um exemplo que pouca gente analisa, pensando numa alta mais SEVERA da inflação. Ó bate na madeira aí!

 

Hoje, com juros baixos, faz sentido ter um título desses pagando a taxa IPCA + 3,38% ao ano E a gente vê essa composição de juros, e PENSA que tem a “garantia” de ter um rendimento REAL de 3,38% ao ano, acima da inflação. Mas o pessoal esquece do IMPOSTO DE RENDA… A TRIBUTAÇÃO desses títulos, acontece sobre o RENDIMENTO do seu dinheiro.

 

E esse rendimento, está DIRETAMENTE associado ao IPCA. Então, pensa comigo: se a taxa IPCA ficar bem alta, vai dar ZEBRA. Você até vai ver o seu dinheiro crescer, ficando sempre 3,38% ao ano ACIMA da inflação. Só que o imposto de renda vai morder JUSTAMENTE a parte que vai ter crescido MAIS, por causa do IPCA Quer ver um exemplo? E vou usar aqui uma matemática SIMPLÓRIA, só pra efeito didático, pra ficar fácil de entender isso, tá bom?

Títulos públicos com vencimento no longo prazo valem a pena?

Vamos supor que lá na frente, você tenha R$ 10.000 investido, e que o IPCA estourou Ficou em 30% ao ano! Nossa Senhora! Então, pra facilitar, considera que a sua rentabilidade anual vai ser de 33,38% (que são os 30% do IPCA + os 3,38% fixos). O total da grana será de R$ 13.338. Só que você vai ter que PAGAR, para 361 dias, 17,5% de Imposto de Renda. Então temos R$ 584,15 indo embora, por conta dos impostos, sobrando pra você R$12.753,85. Sacou a treta?

 

Pra empatar com a inflação, de 30%, você deveria sacar R$13.000. Mas levou pra casa só R$12.753,85! Ou seja? PERDEU R$ 246,15 do seu poder de compra, ficando com uma rentabilidade real NEGATIVA! Esse é um exemplo de risco dos títulos TESOURO IPCA+ de longo prazo. Por esta razão, meu amigo, eu gosto também de ter na carteira os títulos privados LCI e LCA, indexados à inflação. Neles não tem este problema, dado que o imposto de renda é isento nestas aplicações, para pessoas físicas.

 

Mas num cenário tranquilo de manutenção da taxa de juros (que é a nossa ESPERANÇA), o Tesouro IPCA+ funciona que é uma beleza, principalmente como opção para a APOSENTADORIA. E tem o lado bão demais da conta também: quem comprou títulos IPCA+ 2050, por exemplo Lá em 2015, quando o título tava pagando IPCA+ 7,15%, tá ganhando um BOM DINHEIRO até hoje

 

É por essas e outras, que é importante a gente aprender os CONCEITOS. Porque aí, na medida em que as coisas vão se desenrolando na economia, a gente vai AJUSTANDO os nossos investimentos, e colocando nossa BUFUNFA onde faz mais sentido, NO MOMENTO. Zé, valeu pela sua pergunta! Ajudou a gente a tocar num assunto que pouca gente fala por aí. Títulos públicos.

 

E você? Tem alguma dúvida? Manda pá nóis, que nóis gosta de respondê, uai!

 

Valeu! Tudibão! Tchau, tchau! Tchau.

Gisleini Cipriani
Gisleini Cipriani
Publisher, Redatora, amante de filmes romanticos e histórias de amor. Gosto de tudo que envolve a arte e a moda, decoração e dicas de casa.

Proximos artigos