terça-feira, abril 16, 2024
InícioGovernoDeclaração de investimentos em bolsas de valores mudou em 2023

Declaração de investimentos em bolsas de valores mudou em 2023

Date:

Artigos Relacionados

O imposto de renda 2023 é uma obrigação anual para todos os cidadãos brasileiros. A cada ano, a Receita Federal atualiza as regras e normas para a declaração de imposto de renda 2023.

Uma das mudanças mais recentes é referente à declaração de investimentos em bolsas de valores. Neste artigo, explicaremos em detalhes como essa declaração mudou e o que os investidores precisam fazer para se adaptar às novas normas.

LEIA TAMBÉM:

Imposto de renda – Quem precisa declarar investimentos em bolsas de valores?

Antes de explicar as mudanças na declaração de investimentos em bolsas de valores, é importante entender quem precisa declarar esses investimentos.

Segundo a Receita Federal, todos os investidores que possuem ações, cotas de fundos de investimentos ou outros ativos na bolsa de valores precisam declarar esses investimentos no imposto de renda 2023.

Mesmo que o investimento seja de pequeno valor, é necessário incluí-lo na declaração.

O que mudou na declaração de investimentos em bolsas de valores?

Em 2023, a Receita Federal atualizou a declaração de investimentos em bolsas de valores. Agora, os investidores precisam fornecer mais informações sobre seus investimentos na bolsa.

Além dos dados básicos, como nome da empresa e quantidade de ações, os investidores precisam declarar também o valor médio das ações no ano anterior, a data de aquisição e a data de venda, caso tenha ocorrido.

Como a declaração de investimentos em bolsas de valores mudou em 2023
Imposto de Renda 2023 / Foto Reprodução serpo

Outra mudança importante é que os investidores agora precisam declarar a alíquota de imposto retido na fonte, caso tenha sido aplicada. Essa informação pode ser encontrada no informe de rendimentos fornecido pela corretora de valores.

Como declarar investimentos em bolsas de valores?

Para declarar seus investimentos em bolsas de valores, o investidor precisa preencher a ficha de “Bens e Direitos” no programa de declaração de imposto de renda 2023.

Nessa ficha, é necessário informar o tipo de investimento, nome da empresa, quantidade de ações, valor médio das ações, data de aquisição e data de venda, caso tenha ocorrido. Também é necessário informar a alíquota de imposto de renda 2023 retido na fonte, caso tenha sido aplicada.

Caso o investidor tenha vendido suas ações com lucro, é necessário informar o ganho de capital na ficha de “Renda Variável”.

Nessa ficha, o investidor deve informar o valor da venda das ações, o valor da compra e a alíquota de imposto retido na fonte, caso tenha sido aplicada.

O programa de declaração de imposto de renda 2023 fará automaticamente o cálculo do imposto a ser pago.

Gisleini Cipriani
Gisleini Cipriani
Publisher, Redatora, amante de filmes romanticos e histórias de amor. Gosto de tudo que envolve a arte e a moda, decoração e dicas de casa.

Proximos artigos