Serasa score 2.0 Quais as mudanças e como funciona?

Há algumas semanas teve uma alteração na maneira que o Serasa calcula o score do seu CPF e hoje eu vou mostrar quais foram as alterações, como isso impacta a sua vida financeira e como isso influência no calculo do seu score, vem comigo…

 

Hoje eu vou mostrar pra vocês todas as novidades e alterações que aconteceram no calculo do Score no Serasa, com o objetivo deixar mais justa a forma que é analisado e concedido crédito para os consumidores.

 

Essa alteração também foi feita pra se ajustar aos parâmetros do mercado financeiro atual, com isso alguns comportamentos como pagamentos em dia das faturas ou dívidas incluídas na base de dados do SPC Brasil passaram a ter um peso maior no calculo que é feito pra definir o Score de cada consumidor, mas não precisa se assustar que eu vou mostrar pra vocês as principais alterações que ocorreram nessa mudança.

 

Serasa score 2.0 Quais as mudanças e como funciona?

 

 

 

No gráfico , você já pode perceber que, antes no Serasa Score 1.0, as informações que mais influenciavam no seu score eram:

 

  • Pagamentos de dívidas
  • Histórico de dívidas
  • Consultas para serviços
  • Crédito

 

Ou seja, se você pagasse inadimplências, não estivesse com inadimplências e não estivesse com muitas consultas em seu CPF por empresas, tendência é que seu Score estivesse alto ou aumentasse, mas caso contrário ele diminuiria ou ficaria baixo por via de regra.

 

Já agora, no Serasa Score 2.0, o pagamento de crédito se tornou o ponto que mais influência no seu score, sendo assim eles vão levar mais em consideração se você estiver pagando suas faturas em dia tendo como base os cartões cadastrados no “Cadastro Positivo”.

 

Outra mudança foi em relação as faixas do Score onde antes, um Score considerado baixo era entre 0 e 400, um Score regular era entre 401 e 599, um Score bom era entre 600 e 799 e muito bom entre 800 e 1000 mas agora passou a ser baixo entre 0 e 300, regular entre 301 e 500, bom entre 501 e 700, e muito bom entre 701 e 1000.

 

No final das contas tudo isso serve para que as empresas que se baseiam pelo score do Serasa tenham uma base de risco melhor, sabendo qual as chances de você não fazer o pagamento. De acordo com esse novo score eles tem uma boa base disso, seguindo a tabela do próprio Serasa conforme esta mostrando no grafio.

 

Com o novo cálculo, meu Score caiu. Fui prejudicado? – Central de Ajuda - Serasa

 

Bem galera na minha opinião nesse novo modelo fica mais justo a análise de crédito para todo mundo, pois além de percebermos que os pagamentos de cartões cadastrados no Cadastro positivo tem um peso maior, podemos também considerar por exemplo que, antes os consumidores que tinham um score de 851 e 900 eram classificados com um risco de 10% de não pagamento das suas contas, já hoje os consumidores que se encontram nesse percentual de risco são aqueles com um score entre 501 e 600, podemos perceber também que, além de ter mais faixas para cada perfil de consumidor, essa distribuição está mais uniforme.

 

E se você gosta de conteúdo exclusivos sobre tecnologia digital, finanças, tutoriais e muito mais, eu tenho várias dicas pra passar aqui pra vocês.

 

 

Aumente seu score de crédito na hora com o score turbo.  

Um grade abraço a todos, espero ter ajudado.

Até a próxima.